Quarta-feira, 23.06.10

Marketing & Alimentação Infantil

Estudo de Roberto e colaboradores corrobora a hipótese de que o uso de desenhos-animados nas embalagens de comida não-saudável promove o consumo excessivo deste tipo de iguarias, junto das crianças.

 

Saber mais, aqui.

Publicado por Psicologia & Alimentação às 20:08 | Link do post
Terça-feira, 06.04.10

Dicas (à séria) para queimar gordura

Esqueça os sprays para pôr debaixo da língua.


Esqueça as sapatilhas com solas especiais.

 

Esqueça as plataformas vibratórias.

 

Esqueça os cartuchos da farmácia.

 

Isto se... quiser mesmo queimar gordura.

 

A única forma de queimar a gordura armazenada é através do movimento, do mexe-mexe... do exercício! Se acha que a perde por comer menos ou por usar antídotos dietéticos, então está... gordurosamente enganado.

 

Mexa-se durante 30 minutos todos os dias. Não importa a fazer o quê: pode nadar, pode andar, pode jogar com o seu filho à bola ou até passear de bicicleta, subir e descer escadas... mas ponha-se em movimento! Aproveite todos os pedaços de tempo que tenha para fazer algo activo!

 

A ideia de que tem que se ir enfiar no ginásio, para fazer desaparecer a gordura do último pastel de nata, ou fazer skip ao almoço é totalmente descabida. Coma moderamente, sim, óbvio; e se cometer algum deslize não se preocupe... mexa-se!!

 

 

 

 

 

Ponha na sua to do list o seguinte:

 

 

- exercício diário de 30 minutos (seguidos ou repartidos, não importa!)


- usar roupa minimamente confortável (não, não precisa de um fato de treino novo!)


- beber líquidos com frequência (água, sumos não concentrados)


- divertir-se!!

 

 

 

 

 

Vai à praia?

 

  • aproveite para fazer a sua caminhada assim que lá chegar
  • não fique sentado ao lado da geleira e muitos menos deitado o dia todo na toalha (mexa-se!)
  • evite ir ao café, se não consegue resistir aos bolos, aos rissóis e aos folhados que lá vendem
  • faça ouvidos moucos aos vendedores ambulantes (não, não vai comprar os 5 noggats a 1€)
  • leve comida de casa, isenta de gordura, fresca, e líquidos q.b. (exemplos: sandes de requeijão, sandes de ovo mexido com alface, bolachas maria, água, sumos à base de água e/ou fruta, frutas fáceis de descascar/cortar/comer)

Publicado por Psicologia & Alimentação às 14:25 | Link do post



Hiperligações

Procurar no blog...

 

Histórico



Logótipo recriado por Luís Carvalho (2009).

Fonte das imagens originais, ver I e II.
blogs SAPO

subscrever feeds