O amor, do ponto de vista cerebral

Helen Fisher, no evento TEDTALKS, fala sobre as suas investigações sobre o amor, activações cerebrais correspondentes, porque nos apaixonamos pela pessoa X em vez de Y, duração das relações amorosas, entre outros pormenores interessantes. Vale a pena ver, prometo!

 

 

 

Publicado por Psicologia & Alimentação às 02:47 | Link do post